Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Cabo Verde- Estação Postal de Espargos

No dia 16 de março de 1940, foi publicada no B.O. de Cabo Verde a Portaria N.º2:148 que manda abrir no sítio de «Espargos» da ilha do Sal, uma estação postal  de 1ª classe com as seguintes atribuições:
Recepção e expedição de correspondência ordinária e registada.




Em 1941 esta estação consta da estatística postal de Cabo Verde e de seguida deixa de aparecer nas listas gerais das estações de correios, telégrafos e telefones de 1949,1958 e 1971.
Aparecem, no entanto, nos anos de 1955 e 1975 alguns sobrescritos com a designação de «ESPARGOS» e «ESPARGO» respectivamente. O carimbo de «Espargo» (figura 5) parece que foi limado o «S» devido à mudança do nome desta localidade.

Em 1953 foi utilizado o carimbo n.º1 sem indicação horária, a partir de 1955 foi usado o mesmo carimbo já com indicação horária.







Nos anos 60 temos outro carimbo com nova legendagem, na imagem abaixo temos o novo carimbo para o serviço de encomendas, também deverá existir um exemplar para o serviço ordinário e outro para o…
Mensagens recentes

Cabo Verde-carimbo não catalogado, Ribeira da Barca

Ribeira da Barca (Ilha de Santiago-Rubera da Barka):Povoação do Concelho de Santa Catarina, Freguesia de Santa Catarina, Estação Telegráfica-Postal de 2.ª classe com os serviços R, N e I. (1)



-------------------------------------------------
(1) -Designação das abreviaturas:

R- Correspondências postais ordinárias e registadas.
N- Correspondências telegráficas nacionais.
I- Correspondências telegráficas internacionais.

Bibliografia: (1) Lista Geral das estações postais e de telecomunicações do Império Colonial Português com a designação dos serviços que desempenham, edição de 1940, Ministério das Colónias, Direcção-Geral de Fomento Colonial-Repartição dos Correios , Telégrafos e electricidade.

CABO VERDE-Estação Postal de S. Jorge (Ilha do Fogo)

S. Jorge(Crioulo cabo-verdiano, ALUPEC: San Jorji) é uma povoação do Concelho do Fogo, Freguesia de São Lourenço. Estação postal de 2ª classe.

A estação postal de S. Jorge abriu em janeiro de 1913, como foi indicado na obra Marcas Postales de  Cabo Verde (1). Sobre esta estação Félix Guillamón refere que não conhece qualquer marca postal desta localidade.
A figura-1 demonstra que em setembro de 1912 já existia a estação de S. Jorge, a data de abertura será uma data entre 1904 e 1912, uma vez que em 1904 não constava da lista das estações postais de Cabo Verde.
Sobre o movimento postal em (1) temos que em 1913, foram expedidos 247 objetos postais, recebidos 1051, 7 em trânsito num total de 1305 objetos postais e sem nenhuma encomenda postal. Já em 1935 foram expedidos 72 objetos, recebidos 574, 33 em trânsito num total de 689, uma grande redução.Em 1965 apenas foram expedidos 54 objetos postais, o que mostra a razão de ser quase impossível encontrar algum destes objetos expedidos.
São mai…

Angola - Marcas postais de Quiculungo

"Quiculongoatual Conc. do Dist. de Cuanza Norte (Dec. 50/71, de 23/2/1971-B.O. 57). Por P.P. 78, de 18/5/1917 (B.O.17) foi criado o Posto militar de Calandula que passou a denominar-se Posto de Quiculungo e a pertencer, como Posto civil, a Ambaca, por Port. 1527, de 3/11/1934 (B.O.44). A pov. de Quiculungo que deu o nome ao Posto e, actualmente, ao Conc., era já muito importante, comercialmente, em 1915."(1)  "Quiculungo: Pov. comer. de 4.ª, do Posto do mesmo nome com sede em Bolongongo, conc. de Ambaca, dist. do Cuanza Norte, com. do Congo, dioc. de Luanda. C.T.T.:Estação Postal de 3ª classe, T.P. de 3ª em Bolongongo e Est. de 1ª em Camabatela com todos os serviços. Camabatela-Quiculungo. Luanda 363 Kms, Salazar 147, Carmona 160, Camabatela 60, Bolongongo 10, Lucala C. de Ferro 120."(2)
A consulta do boletim oficial de Angola revelou-nos a data do alvará n.º4- criação da estação Postal- no B.O. N.º47, de 21 de novembro de 1945.

Em janeiro de 1946, foi publicada, no B. O.…

Correio Ferroviário- Marca do CFB (3)

Vouga (VGA)-Km 604,
Medidas da cercadura: 26mm x 9 mm
grau de raridade: 4 (1)


______________________
(1)CORREIA, Elder. História Postal de Angola (3): Condução de cartas de estação a estação pelos condutores dos comboios , boletim do CFP N.º 382:26-32.

Macau, selo nº135 com variedade cliché

Angola-Variedades cliché do selo N.º3, a coroa de 20 reis.

Variedades e sua localização numa das pranchas onde era montada a folha:


(1:2) canto inferior esquerdo



(2:2) canto inferior direito





(2:3) fenda no «S» de Reis


(2:4) canto superior direito



(3:4) canto superior direito


(5:1) fenda no quadro junto ao «2» 



(5:2) fenda quadro esquerdo






(5:3) canto superior esquerdo