Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2015

Angola-4º grupo marcas de Benguella

Tipo I- PROVINCIA D'ANGOLA


Tipo II- PROVINCIA DE ANGOLA


Angola-4º grupo LOBITO tipo I e II

Depois do artigo do Elder Correia sobre Luanda-Marcas Octogonais ,tomamos conhecimento da existência de duas marcas, de Loanda, bem diferenciadas no artigo.

Vamos mostrar, agora, duas marcas distintas do Lobito:

Tipo I-Letras da denominação de tamanho superior com estrelas a ladear a data, no canto inferior do retângulo do grupo datador.

Tipo II-Letras da denominação de tamanho inferior com estrelas a ladear a data. O octógono tem menores dimensões.



Ceres coloniais- algumas VC

Bloco de 15 selos de Angola, MF 202 com algumas variedades clichés.


Na 4ª e 5ª posição temos as VC XCIV e LXXIX, respectivamente:     

Na 8ª posição temos uma VC não catalogada com duas fendas, finalmente na 15º posição temos a VC N.º CCXXXI.
Na 12º posição aparece-nos a VC N.º: CCLII que ocupa a posição nº167 de algumas das folhas de 180 selos.


No velhinho catálogo de Simões Ferreira já estava catalogada esta variedade de cliché: "nalgumas folhas de 180 selos de 1/2, 1 1/2, 8 e 20 c., no 167º exemplar nota-se um pequeno defeito de impressão à direita dos «RR»» da palavra «CORREIO», que se assemelha a um «C»."(1)

Neste momento é conhecida esta variedade nas folhas de 1/4, 1, 3, 4 1/2, 12 (verde), 30, 40, 60, 80 c. e 1 E (rosa). 
Para os selos da India, 3, 6 e 9 Rs são as taxas conhecidas. 



__________________________
(1) Ferreira, Simões (1977). Portugal (continente e ilhas), colónias e novos países de expressão portuguesa, mercado filatélico, Porto.   
(2)Mota, J. Miranda (2015…

Ceres Coloniais-Variedades de cliché não catalogada

Ceres Coloniais- variedade cliché XC

________________________________________
Bibliografia:Mota, J. Miranda (2015)."Os selos Ceres das Colónias Portuguesas", NFACP, Porto.

Ceres Coloniais-variedade cliché CXVIII

Ceres Coloniais-VC - CCCXLVIII

Variedade Cliché: CCCXLVIII (348)






Ceres Coloniais-Variedades de Cliché

No velhinho catálogo de Simões Ferreira já estavam catalogadas algumas variedades de cliché: "Em cada folha de 200 selos há uma fenda no quadro superior do 10º exemplar, por cima da letra «A» da palavra «REPUBLICA ». No 26º exemplar dalgumas folhas de 180 selos dos valores de 1, 2, 5, 8 e 10 cent., há uma fenda no quadro por cima da letra «I» da palavra «REPUBLICA».
Nalgumas folhas de 180 selos de 1/2, 1 1/2, 8 e 20 c., no 167º exemplar nota-se um pequeno defeito de impressão à direita dos «RR»» da palavra «CORREIO», que se assemelha a um «C». Conhecem-se os selos de 10 c. com o escudete do valor plenamente tintado em vez de branco."(1)

No passado dia 23 de Maio foi lançado pelo NFACP o livro "Os selos Ceres das Colónias Portuguesas" do Eng. J. Miranda da Mota.



Algumas VC catalogadas

VC com linhas horizontais/ oblíquas  catalogadas










Angola-Bibliografia 3ª Exp. Filatélica do Cuanza -Sul (1965)

Catálogo da 3ª Exposição Filatélica do Cuanza-Sul, 1-12-965, edição da secção cultural dos empregados de Mário Cunha, S.A.R.L., Novo Redondo.





Destaques:

Carimbos de Angola (temática da Língua Portuguesa) pelo Dr. António Fragoso.
Bilhetes-cartas-(AVIÂO) (Aerogramas) Isentos de Franquia emitidos pelo Movimento Nacional Feminino, pelo Brigadeiro José da Cunha Lamas.
Correio Marítimo no Ultramar Português por Dr. Romano Caldeira Câmara.
O tema Filatélico de Astronáutica por João Augusto Marinho.
Aerofilatelia (O primeiro serviço regular CABO-LUANDA-CABO pela «South African Airways», por Cap. F. Lemos da Silveira.

Angola- Correio do Ambriz

Estão identificados dois tipos de carimbo do Correio do Ambriz, ambos com dupla oval:
Tipo I – “G” quadrado e pontos a ladear, preto, vermelho e azul 



Meses do tipo I: JAN. —FEV. —MARCO —ABRIL —MAIO —JUNHO —JULHO —AGOS —SEP. —OUT. —NOV. e DEZ.

Tipo II – “G” redondo e estrelas a ladear, preto, violeta, azul e vermelho.


Meses do tipo II:
           JAN. —FEV. —MAR. —ABR. —MAI. —JUN. —JUL. —AGO. —SET. —OUT. —NOV. e DEZ.


Existe um carimbo falso com a data de 23 de Fevereiro de 1887, de oval simples, letras diferentes com o ponto a ladear a data. O «G» não é quadrado como é suposto para o carimbo do tipo I. As imagens seguintes mostram dois selos originais obliterados com o carimbo falso do correio do Ambriz.


Mostro agora o mesmo carimbo a obliterar um selo falso de Fournier:

Neste momento tenho a dúvida se este carimbo falso é da casa Fournier ou foi apenas um selo, que por acaso é falso, obliterado com esta marca falsa.